terça-feira, 12 de junho de 2007

Presentes do Cupido

A história se repete e voltamos à estaca zero. Mais uma vez tudo de novo. Tudo como sempre foi.

É certo que, no curso do tempo, tudo retorna ao local de origem. Nada se transforma a ponto de nunca mais ser o que já foi. Aquela música do Lulu estava bem errada.

Os professores de física a nível médio perguntariam "Em relação a quê é essa afirmação???". Em relação à vida, em relação à morte, e em relação a tudo o que realmente importa.

Relacionamentos? Sim, relacionamentos são importantes. Mas o "porque" das ervilhas serem verdes me parece mais. É, eu não tenho namorada não.

Pra falar bem a verdade esse começo de texto foi só pra chegar nesse ponto. Dia dos namorados. Mais um dentre tantos em que passarei só. Quer dizer… sem namorada. Só nunca! Ei! To falando de “ficar” não. Huhaehuaahuae!

Uma coisa que pensei esse ano foi no lance dos presentes. Po seria uma boa ganhar algum, mas, principalmente, seria ótimo dar um também. Aquela ânsia pelo presente certo. As dúvidas, os devaneios, os medos, as ansiedades, e, a conquista daquele sorriso maravilhoso diante da pequena (ou grande) lembrança material eterna (enquanto dure). Ô coisa boa.

Talvez eu lhe dê um livro. Quem sabe um DVD. Cd? Um pirata com “A nossa trilha”. Pulseira, anel e colar também entram no bolo. Agora eu to trabalhando, dá pra bancar. ^^

E como seria entregue? Da melhor forma possível! Só me restaria descobrir como seria.

No cinema seria até bem legal. No restaurante é coisa de velho. Habbis é economia demais. No Largo seria uma boa. Na igreja teria que ser numa ótima hora. Na casa dela, com uma serenata, seria ainda melhor.

Acontece que essa é a minha opinião. Será que ela compartilharia dela? Talvez desse um sorriso de compaixão pela minha alma e diria que tinha adorado. Quem sabe poderia agir ao contrário e dizer que tinha sido uma droga. Então eu cairia pelos flancos da montanha feminina, reforçando que é impossível entender uma mulher.

Ô doce insegurança.

(*)

7 comentários:

Imyra Isipon disse...

Nossa!
Que meigo!
Espero que no proximo dia dos namorados você esteja com uma namorada a sua altura!
^^
Adorei o texto!

Beijos!

Imyra Isipon disse...

P.S. Respondendo sua pergunta...
Meu niver foi em maio... Dia 23!
^^

Ana Fernandes disse...

Sou doida por uma serenata..
tem tantas músicas...

"a letra aaaaa do seu nome.."
"se vc quiser ser minha namorada, ah que linda namorada vc poderia ser.. "
"eu que falei nem pensar.. agora me arrependo roendo as unhas, frágeis teslábirintemunhas de um crime sem perdão... Teus lábios são labirintos..."


O sonho de toda garota =}
coisa mais, linda.

mas relaxa, neo. tu vais encontrar.

Paula disse...

Eu juro que eu AMEI o que vc escreveu, aliás acredito que sou meio suspeita pra falar uma vez que, sou tua fã mesmo.
Eu tbm não tenho namorado e confesso que é bom partilhar esse momento, mas vc e eu sabemos que DEus guarda o melhor pra gente ...
TE amoooo
=*

Dark Grape Fruit disse...

Somos cavaleiros andantes, sem parada, sem companhia, seria isso ruim? Talvez nao o melhor, mas ruim nao é, simplesmente, estou muito cansado agora... pra pensar em namorada... quero alguem inteligente... será que é tao dificil assim?!

Mymy Ch. disse...

é por mais que conheca a pessoa a anos tem a insegurança, sempre x~ mais isso é que torna legal neah x)
boa sorte neojoy.

Ana Fernandes disse...

Atualiza! Atualiza!!