domingo, 18 de junho de 2006

A morte é só o começo

Mais uma pessoa em evidência morreu. Fora esse houveram outros milhares em todo o mundo até esse dado momento. Milhões talvez. Nessas horas você não liga tanto. Quando ocorre mais próximo é que somos balançados. É que paramos e vemos como a vida é infinitamente frágil. Infinitamente mínima diante de todo o universo. Como um suspiro na eternidade

Acontece que a vida aqui na terra é apenas o começo. É a ponta do iceberg. A vida aqui define como será a nossa eternidade. Sim. Fomos criados para uma eternindade. Deus nos criou à Sua imagem e semelhança e Deus é eterno. Acontece que com o pecado o homem precisou passar por uma outra fase antes de viver eternamente. Vamos relembrar como aconteceu.

Qnd Deus criou o homem, o pôs em um lindo jardim. O famoso Jardim do Éden. No centro daquele lindo jardim existiam a "Árvore da vida" e a "Árvore do conhecimento do bem e do mal". Uma daria a vida eterna e a outra, segundo as palavras do Senhor, traria à morte. Então você me pergunta: "Por que raios Deus colocou uma árvore dessas no jardim caramba?" Deixa eu dizer minha opnião. Veja bem. O homem foi criado sem qlqr experiência do que era certo ou errado. Só havia uma opnião na sua mente. A de Deus. Isso fazia do ser humano apenas uma cópia. Clones. Sem opnião própria e, ao meu ver, também sem amor real já que é fácil amar quando td está bem. Deus tinha essa visão e como queria homens com opnião própria que o amassem apesar das circustâncias, colocou aquela árvore ali. E ainda disse claramente que o fruto daquela árvore nunca deveria ser comido. E não dizem que tudo o que é proibido é mais gostoso? A rebeldia faz parte do ser humano como pecado.

Quando o homem (homem e mulher) comeu do fruto veio a condenação. Na verdade apenas aconteceu algo que deveria acontecer. O homem se tornou pecador pela sua rebeldia e não mais poderia viver no bem e bom como antes. Deus não mais iria falar com ele todo fim de tarde. Agora ele deveria buscar a Deus por si só (mesmo que o Senhor nunca o abandonasse de verdade).

Quer dizer que Deus deixou o homem pecar de propósito? QUeria que morressemos? É isso? Claro que não. Tudo pra Deus tem uma finalidade que nós não entendemos de imediato. Acima de tudo Ele nos ama e isso fica evidente ao expulsar o homem do Éden. Se o homem e a mulher ficassem lá poderiam comer o fruto da árvore da vida e viver eternamente no pecado. Aí não haveria mais chance pra humanidade. O homem deveria ter uma vida limitada e frágil. Isso o faria mais dependente de Deus e definiria a sua eternidade ao fim da existência mortal. É uma separação do joio pro trigo. Nossas ações que deveriam dizer como seria Ou seja... essa vida nada mais é do que um prelúdio do que está por vir. Quem viver aqui conforme os mandamentos do Senhor irá viver eternamente com Ele. Quem não... bom... é óbvio não é? Essa já é uma oportunidade que Deus nos dá e muitos não estão nem aí. Como eu disse... isso aqui é só a ponta do iceberg. Não devemos viver em função dessa existência e sim da próxima. Não vamos parar de estudar e trabalhar por causa disso tbm. Afinal Deus nos mostra que esse também é um mandamento. Mas devemos focar o que está além. A vida eterna com o Senhor. Não porque nascemos pra sermos eternos. E sim porque O amamos acima de nós mesmos

Um comentário:

tatua disse...

eu impressionada com a qualidade e a profundidade do texto do meu qrido mano tatu. XD eh sério, Neo. mt bom mesmo. 1 texto cristão mt bom. com 1 revisão, pode parar numa revista dessas aih. qm sabe não eh hora de arriscar?...eu tive uma idéia! eu tive 1 idéia pra vc. esteja em oração.

o melhor está por vir sim. confiemos Nele, que é maior q nós.

bjx, tatu ;*